domingo, 28 de dezembro de 2014

O QUE É O PT?

O PT NÃO PRESTA NEM PRA SER COMUNISTA! Sinceramente acho que os partidos tidos como de esquerda dão um tiro no próprio pé ao apoiarem um partido tão incompetente e corrupto como o PT. São eles incapazes de diferenciar o que é uma esquerda de uma direita. Na verdade o PT é o partido dos conchavos, sem ética política nenhuma, que sempre estarão do lado que lhes for mais favorável, não interessa-lhes se direita ou se esquerda. Agem como vermes em um cadáver, se banqueteiam com o defunto até onde for possível e depois - como que levados pelo vento - procuram novas vítimas. É a política dos gafanhotos famintos que devastam plantações inteiras e, depois de feito todo o estrago, quando fica a penas a terra limpa, procuram novas plagas, novos ares. O PT é o que existe, em termos éticos e políticos, de mais infame na face da terra. Em países capitalistas seria extinto pelo excesso de corrupção e roubalheira desenfreada, jamais prosperaria nesses países; em países socialistas autênticos seriam banidos pela falta de competência, pela extrema má gestão e preguiça mesmo. São tão incompetentes que seria injusto taxarmos o PT como um partido de direita, nem muito menos de esquerda. De centro, muito menos. Só se for de "centro espírita", porque sempre agem como possessos. Basta ver seu chefe maior que mais parece a reencarnação explicita de Adralmelec. Baphomet com cheiro de PIRASSUNUNGA.

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Não é esse o Brasil que queremos!

UM DIA TRISTE PARA NOSSA FRÁGIL DEMOCRACIA!
18-12-2014 Apesar das denúncias feitas ao TRE de irregularidades nas eleições de 26 de outubro de 2014, inclusive todas comprovadas por fatos e documentos, feitas pela parte reclamante - o PSDB - a Sra. Dilma foi diplomada presidenta para o novo mandato que se inicia em primeiro de janeiro de 2015. Boa parte - senão a maioria dos brasileiros - sentem-se lesados com essa decisão do TRE e também cheira mal essa pressa em diplomar a presidenta em prazo tão rápido e pouco depois de receber-se as acusações feitas pelo PSDB sobre as gravíssimas irregularidades nas eleioções passadas... Realmente nosso país vive dias de incertezas diante de um estado aparelhado para não ouvir o clamor da população, dos milhões de eleitores que não compreendem como um partido tão impopular se mantém no poder, as custas do engodo, da corrupção generalizada e da crassa falta de ética política. Se a situação de nosso povo sofrido já seria difícil com alguém digno para o cargo no comando, imaginem os senhores e senhoras - eleitores e eleitoras - sendo dirigido por alguém descompromissada com o real combate a corrupção e a roubalheira? Se não é assim, por que ela insiste em manter no cargo uma irresponsável como a Sra. Graça Foster e toda sua equipe na PETROBRAS? Palavras são apenas palavras, Sra. presidenta. Nós. brasileiros estamos cansados de tantas simulações e de insinuações que nunca chegam a fatos concretos. Basta de tanta corrupção! #Fora_PT

domingo, 7 de dezembro de 2014

QUEREMOS UM PAÍS DIGNO!

O avacalhamento de nossa economia, de nossa política e de tudo nesse país faz crescer a cada dia a nossa insatisfação com esse governo corrupto e anti-ético do PT. Nunca esse país passou por momentos tão constrangedores e desastrosos como os de agora. As eleições de 26 de outubro de 2014 foram compradas pela máfia petista: primeiramente os mais carentes, com o bolsa miséria - que é o maior cabo eleitoral do mundo - e depois os mais diversos setores de nossa sociedade, inclusive a Justiça. Nosso país se transformou um "prostíbulo político" a céu aberto como não há nenhum no mundo. A cena atual me faz lembrar de SATIRICON - o relato dramático da queda de Roma - a degradação moral e ética atingiu tal grau em nosso Brasil que está infiltrada em todas as classes sociais, praticamente. Mas estamos cansados de ser pessoas honestas e trabalhadoras achincalhados quase todos os dias por ladrões e cafajestes disfarçados de pessoas de bem, que vendem nossas riquezas e soltam as migalhas para a população em geral. Isso terá - e já está tendo - um altíssimo preço. A volta da inflação, a recessão, os altíssimos índices de desemprego e violência, a falta de saúde pública, educação de baixíssima qualidade, a falta de moradias e tudo mais que um país precisa. Em breve até água vai faltar e os inevitáveis apagões. E quem vai pagar os desmandos desse partido imundo? Claro, o povo. O sofrido povo brasileiro, ingênuo e "vendável" em sua grande maioria... Ou nos unimos para tirar essa corja do poder ou será tarde demais, só restará do Brasil a sucata do que poderia ter sido uma das maiores potências do mundo... Temo que já seja tarde. Temo que esse país não se acorde nunca ou que se acorde tarde demais. Temo por meus filhos e netos que vivam num país com menos oportunidades e no qual os valores morais sejam ridicularizados perpetuamente pela própria Justiça, que hoje persegue os que amam o bem e é infinitamente complacente com os perdulários, falsários e ladrões que roubam descaradamente nossa nação. #Impeachment da Dilma já!!! #Fora_PT! Campina Grande, 10 de dezembro de 2014.

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

GUARDE ESSES NOMES - você vai precisar deles para saber em quem votar na próxima ELEIÇÃO!

Lista dos parlamentares que votaram a favor da fraude fiscal de Dilma 04 de dezembro de 2014 Confira abaixo a lista completa de parlamentares que votaram à favor ou contra a PLN 36. Ronaldo Caiado votou não e teve empenho destacável junto à oposição durante às 19 horas de sessão da votação da polêmica PLN 36, que livra a presidente Dilma da fraude no superávit fiscal para fugir do crime de responsabilidade. Os partidos do DEM, PSDB, PSB, PPS e Solidariedade orientaram pela obstrução da votação. A minoria do governo orientou pela votação contra a aprovação e o PSC liberou seus parlamentares. A base e demais partidos participantes, orientaram pelo voto à favor do PLN 36. Votação dos Deputados Democratas Abelardo Lupion PR Obstrução Alexandre Leite SP Não Efraim Filho PB Não Felipe Maia RN Não Lira Maia PA Não Mandetta MS Não Mendonça Filho PE Não Mendonça Prado SE Sim Onyx Lorenzoni RS Não Rodrigo Maia RJ Não Ronaldo Caiado GO Não PC do B Alice Portugal BA Sim Assis Melo RS Sim Chico Lopes CE Sim Daniel Almeida BA Sim Evandro Milhomen AP Sim Gustavo Petta SP Sim Jandira Feghali RJ Sim Jô Moraes MG Sim João Ananias CE Sim Luciana Santos PE Sim Manuela D`Ávila RS Sim Osmar Júnior PI Sim Perpétua Almeida AC Sim PDT André Figueiredo CE Sim Damião Feliciano PB Sim Félix Mendonça Júnior BA Sim Flávia Morais GO Sim Giovani Cherini RS Sim Giovanni Queiroz PA Sim Marcelo Matos RJ Sim Marcos Rogério RO Sim Oziel Oliveira BA Sim Paulo Rubem Santiago PE Sim Reguffe DF Não Subtenente Gonzaga MG Sim Sueli Vidigal ES Sim Weverton Rocha MA Sim Wolney Queiroz PE Sim PMDB Akira Otsubo MS Sim Alberto Filho MA Sim Alceu Moreira RS Não Alexandre Santos RJ Sim André Zacharow PR Sim Camilo Cola ES Sim Carlos Bezerra MT Sim Celso Maldaner SC Sim Edinho Araújo SP Sim Edinho Bez SC Não Edio Lopes RR Sim Eduardo Cunha RJ Sim Fabio Reis SE Sim Fábio Trad MS Não Flaviano Melo AC Sim Geraldo Resende MS Sim Henrique Eduardo Alves RN Sim Hermes Parcianello PR Sim Hugo Motta PB Sim João Magalhães MG Sim José Priante PA Sim Júnior Coimbra TO Sim Leandro Vilela GO Sim Leonardo Picciani RJ Sim Leonardo Quintão MG Sim Manoel Junior PB Sim Marçal Filho MS Não Marcelo Castro PI Sim Marinha Raupp RO Sim Mário Feitoza CE Sim Osmar Serraglio PR Sim Pedro Chaves GO Sim Pedro Paulo RJ Sim Professor Setimo MA Sim Renan Filho AL Sim Rogério Peninha Mendonça SC Sim Ronaldo Benedet SC Sim Rose de Freitas ES Sim Saraiva Felipe MG Sim Washington Reis RJ Sim PP Afonso Hamm RS Não Aguinaldo Ribeiro PB Sim Aline Corrêa SP Sim Arthur Lira AL Sim Betinho Rosado RN Sim Carlos Magno RO Sim Dilceu Sperafico PR Não Eduardo da Fonte PE Sim Guilherme Mussi SP Não Iracema Portella PI Sim Jair Bolsonaro RJ Não Jerônimo Goergen RS Obstrução João Leão BA Sim Julio Lopes RJ Não Lázaro Botelho TO Sim Luis Carlos Heinze RS Obstrução Luiz Fernando Faria MG Sim Nelson Meurer PR Sim Renato Molling RS Não Roberto Balestra GO Não Roberto Britto BA Sim Sandes Júnior GO Sim Simão Sessim RJ Sim Vilalba PE Sim Vilson Covatti RS Sim Waldir Maranhão MA Sim PPS Arnaldo Jardim SP Não PR Aelton Freitas MG Sim Anderson Ferreira PE Sim Bernardo Santana de Vasconcellos MG Sim Davi Alves Silva Júnior MA Sim Dr. Adilson Soares RJ Sim Francisco Floriano RJ Sim João Carlos Bacelar BA Sim João Maia RN Sim Jorginho Mello SC Sim José Rocha BA Sim Luciano Castro RR Sim Lúcio Vale PA Sim Manuel Rosa Neca RJ Sim Maurício Quintella Lessa AL Sim Milton Monti SP Sim Paulo Feijó RJ Sim Paulo Freire SP Sim Tiririca SP Não Vinicius Gurgel AP Sim Wellington Fagundes MT Sim Wellington Roberto PB Sim Zoinho RJ Sim PRB Antonio Bulhões SP Sim César Halum TO Sim Cleber Verde MA Sim George Hilton MG Sim Jhonatan de Jesus RR Sim Márcio Marinho BA Sim Otoniel Lima SP Sim Vitor Paulo RJ Sim PROS Antonio Balhmann CE Sim Ariosto Holanda CE Sim Domingos Neto CE Sim Dr. Jorge Silva ES Sim Dudimar Paxiuba PA Sim Givaldo Carimbão AL Sim Hugo Leal RJ Sim José Augusto Maia PE Sim Miro Teixeira RJ Não Ronaldo Fonseca DF Sim Valtenir Pereira MT Sim Vicente Arruda CE Sim PRP Chico das Verduras RR Sim Jânio Natal BA Sim PSB Abelardo Camarinha SP Não Alexandre Toledo AL Não Dr. Ubiali SP Não Glauber Braga RJ Sim Júlio Delgado MG Não PSC Andre Moura SE Sim Antônia Lúcia AC Sim Pastor Marco Feliciano SP Não Silvio Costa PE Sim Takayama PR Não PSD André de Paula PE Não Átila Lins AM Sim Diego Andrade MG Sim Edson Pimenta BA Sim Eduardo Sciarra PR Sim Eleuses Paiva SP Não Eliene Lima MT Sim Fábio Faria RN Sim Felipe Bornier RJ Sim Guilherme Campos SP Sim Hugo Napoleão PI Sim Jefferson Campos SP Sim José Carlos Araújo BA Sim José Nunes BA Sim Júlio Cesar PI Sim Manoel Salviano CE Sim Marcos Montes MG Não Moreira Mendes RO Sim Onofre Santo Agostini SC Sim Paulo Magalhães BA Sim Ricardo Izar SP Não Roberto Dorner MT Sim Roberto Santiago SP Sim Sérgio Brito BA Sim Silas Câmara AM Sim Thiago Peixoto GO Não Vilmar Rocha GO Não PSDB Antonio Carlos Mendes Thame SP Obstrução Antonio Imbassahy BA Não Bruno Araújo PE Não Domingos Sávio MG Não Duarte Nogueira SP Não Emanuel Fernandes SP Não Izalci DF Não Jutahy Junior BA Não Luiz Carlos AP Obstrução Luiz Carlos Hauly PR Não Luiz Pitiman DF Obstrução Nilson Leitão MT Não Paulo Abi-Ackel MG Não Raimundo Gomes de Matos CE Não Ricardo Tripoli SP Obstrução Ruy Carneiro PB Não Vaz de Lima SP Não Wandenkolk Gonçalves PA Não William Dib SP Não PSOL Chico Alencar RJ Sim Ivan Valente SP Sim PT Afonso Florence BA Sim Alessandro Molon RJ Sim Amauri Teixeira BA Sim Anselmo de Jesus RO Sim Assis Carvalho PI Sim Assis do Couto PR Sim Beto Faro PA Sim Biffi MS Sim Bohn Gass RS Sim Dalva Figueiredo AP Sim Décio Lima SC Sim Devanir Ribeiro SP Sim Dr. Rosinha PR Sim Edson Santos RJ Sim Erika Kokay DF Sim Eudes Xavier CE Sim Fátima Bezerra RN Sim Fernando Ferro PE Sim Francisco Chagas SP Sim Francisco de Assis SC Sim Francisco Praciano AM Sim Gabriel Guimarães MG Sim Helcio Silva SP Sim Henrique Fontana RS Sim Iara Bernardi SP Sim Iriny Lopes ES Sim Janete Rocha Pietá SP Sim Jesus Rodrigues PI Sim João Paulo Lima PE Sim Jorge Bittar RJ Sim José Airton CE Sim José Guimarães CE Sim José Mentor SP Sim Leonardo Monteiro MG Sim Luci Choinacki SC Sim Luiz Alberto BA Sim Luiz Couto PB Sim Luiz Sérgio RJ Sim Magela DF Sim Márcio Macêdo SE Sim Marcon RS Sim Margarida Salomão MG Sim Maria do Rosário RS Sim Miriquinho Batista PA Sim Newton Lima SP Sim Nilmário Miranda MG Sim Odair Cunha MG Sim Padre João MG Sim Padre Ton RO Sim Paulão AL Sim Paulo Pimenta RS Sim Paulo Teixeira SP Sim Pedro Eugênio PE Sim Pepe Vargas RS Sim Policarpo DF Sim Reginaldo Lopes MG Sim Renato Simões SP Sim Rogério Carvalho SE Sim Ronaldo Zulke RS Sim Ságuas Moraes MT Sim Sibá Machado AC Sim Taumaturgo Lima AC Sim Valmir Assunção BA Sim Vander Loubet MS Sim Vanderlei Siraque SP Sim Vicente Candido SP Sim Vicentinho SP Sim Waldenor Pereira BA Sim Weliton Prado MG Sim Zé Geraldo PA Sim Zeca Dirceu PR Sim PTB Alex Canziani PR Sim Antonio Brito BA Sim Arnaldo Faria de Sá SP Não Arnon Bezerra CE Sim Eros Biondini MG Não Jorge Côrte Real PE Sim José Chaves PE Sim Jovair Arantes GO Sim Luiz Carlos Busato RS Sim Nelson Marquezelli SP Sim Nilton Capixaba RO Sim Paes Landim PI Sim Sabino Castelo Branco AM Sim Walney Rocha RJ Sim Wilson Filho PB Sim PT do B Lourival Mendes MA Sim Luis Tibé MG Não PV Fábio Ramalho MG Sim Henrique Afonso AC Não Paulo Wagner RN Sim Roberto de Lucena SP Não Solidariedade Augusto Coutinho PE Não Aureo RJ Não Benjamin Maranhão PB Sim Berinho Bantim RR Sim Carlos Manato ES Obstrução Dr. Grilo MG Obstrução Laercio Oliveira SE Não Wladimir Costa PA Sim Zé Silva MG Não Votação dos Senadores PCdoB Inácio Arruda CE Sim Vanessa Grazziotin AM Sim PDT Acir Gurgacz RO Sim PMDB Casildo Maldaner SC Sim Eduardo Braga AM Sim Eunício Oliveira CE Sim Ivonete Dantas RN Sim João Alberto Souza MA Sim José Sarney AP Sim Lobão Filho MA Sim Renan Calheiros AL Ar . 51 Ricardo Ferraço ES Sim Romero Jucá RR Sim Valdir Raupp RO Sim Waldemir Moka MS Não PP Benedito de Lira AL Sim Ciro Nogueira PI Sim PR Alfredo Nascimento AM Sim Blairo Maggi MT Sim PRB Marcelo Crivella RJ Sim PSB Lídice da Mata BA Sim Rodrigo Rollemberg DF Sim PSD Sérgio Petecão AC Sim PSOL Randolfe Rodrigues AP Sim PT Ana Rita ES Sim Angela Portela RR Sim Anibal Diniz AC Sim Delcídio do Amaral MS Sim Eduardo Suplicy SP Sim Gleisi Hoffmann PR Sim Humberto Costa PE Sim Jorge Viana AC Sim José Pimentel CE Sim Lindbergh Farias RJ Sim Marta Suplicy SP Sim Paulo Paim RS Sim Walter Pinheiro BA Sim Wellington Dias PI Sim PTB Armando Monteiro PE Sim João Vicente Claudino PI Sim Solidariedade Vicentinho Alves TO Sim Você também pode conferir a lista de votação da PLN 36 oficial aqui.

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

PT - INVENTORES DE CRIMES!!!

Uma coisa curiosa ocorreu com o nosso país em 26 de outrubro de 2014, e ninguém se tocou ainda:

Acabaram de inventar a ditadura civil ou o GOLPE DEMOCRÁTICO, ou seria DEMAGÓGICO?

Com a ajuda do maior cabo eleitoral do mundo - O BOLSA MISÉRIA - qualquer candidato entrará com uma desvantagem de 48 milhões de eleitores beneficiados por essa esmola e que são defenseores contumazes do PT! Afora isso existe o aparelhamento, o "entrincheiramento" melhor dizendo, do judiciário, da classe empresarial através das grandes empreiteras, "os mensalões", etc. O PT se assegura de todas as formas possíveis e "impossiveis" - vale dizer, ILEGAIS - para se manter no poder.

Portanto, foi instaurado em nosso país uma nova modalidade de democracia -
o GOLPE DEMOCRÁTICO de 26-10-2014 entrará para nossa História como o ato mais vergonhoso de nossa política, nesse país que é o ÚNICO e o ÚLTIMO a ultilizar-se das chamadas "urnas eletronicas"!

UMA VERGONHA! Campina Grande, 18 de novembro de 2014.


emannoel@ovi.com
----------
Env. via Nokia E-mail

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

SEJAM MAL-VINDOS A #Google!

Tenho saudades da tecnologia antiga, que podíamos usar e abusar dos recursos tecnológicos sem a imposição de muitas regras - exceto a tradicional "NETIQUETA"
- e que não havia tanta "vigilância" sobre o que escrevíamos. Há quase duas semanas estou sem acesso aos meus e-mails, especialmente ao meu oficial emannoel@ovi.com, por imposição de regras da poderosíssima #Google, ligada a @Microsoft, que comprou a @Nokia e uma das primeiras coisas que fez foi desativar, paulatinamente, todos os e-mails da ovi.com (@Nokia). Como usuário por algum tempo da redes, acho isso uma atitude arbitrária e insana de uma empresa que se acha dona do mundo e das pessoas, e que não tem o mínimo de respeito por seus usuários. Eu tenho respeito pelo meus, e fiz essa denúncia não esperando deles, dos poderosos e insensíveis, algumas solução. Já os conheço do meu outro e-mail desativado leonamessias@hotmail.com, para mim, cada e-mail que crio, são como uma extensão do meu ser e reconheço-os a todos. Não sou um "fake", #Google"! Faço isso em respeito as pessoas que me seguem nesse site http://leonmessias.blogspot.com para esclarecê-los sobre os reias motivos de minha ausência forçada em publicar textos com a mesma frequência anterior. Desculpem-me,leitores e curiosos, mas estou sem acesso algum, via celular, aos meus 5 E-MAILS GRAÇAS AO PÉSSIMO SERVIÇO PRESTADO PELA #Google e pela poderosa @Microsoft.com, compradora da Nokia. A primeira medida tomada por eles foi sucatear a Nokia, para se livrarem da concorrência eficiente, cidadã e acima de tudo MAIS HUMANA. Campina Grande, 26 de novembro de 2014. Emanoel M de Arruda emannoel@ovi.com leonmessias@gmail.com emanoel_teacher@yahoo.com emarruda1@gmail.com gennilda@bol.com.br +558396808173 +558388058823

terça-feira, 18 de novembro de 2014

A DIFÍCIL ARTE DE SER AMIGO

INFELIZMENTE as relações pessoais hoje são feitas a base de troca: se temos algo a oferecer, mesmo que seja apenas material, a possibilidade de conseguir amizades se ampliam. Acho isso razoável. O que me incomoda é que a maioria das pessoas agem como sanguessugas: apenas exigem do outro e se aproveitam de uma situação inicial, como o início de um relacionamento, apenas para usurparem algumas vantagens, mas quando chega a sua parte de retribuição, fogem. Vivemos numa sociedade de relacionamentos fúteis, volúveis como o vento. Falta aquela amizade verdadeira de outrora, sincera e franca e muitas vezes sem nenhum interesse. A brevidade de nosso tempo, as exigências para que tenhamos sucesso nos tornam muitas vezes pessoas insensíveis, que não escutamos os apelos dos outros excessivamente preocupados conosco mesmos. Sinto todos os dias isso na pele. Pensei equivocadamente que a Universidade fosse uma "irmandade", mas o que vejo todos os dias são pessoas se "engalfiando", ferindo e sendo feridas, em relacionamentos friamente egoístas. Seria essa a educação fornecida por nosso ensino fundamental e médio, seria essa a sociedade do futuro? Indubitavelmente precisamos rever os nossos conceitos, os nossos valores, para que tenhamos, de fato, uma sociedade melhor e realmente justa, até mesmo nas escolas e universidades.

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

O romantismo ainda está em voga?

No corre-corre do nosso tempo, que dizem ser moderno, cada vez mais o cavalheirismo está em baixa, a falta de gentilezas é quase uma unanimidade burra e as grosserias muito comuns, especialmente com as mulheres. Ser gentil hoje passou, erroneamente, a ter o mesmo sentido que "efeminamento", viadagem no popular, equivocadamente. Vivemos tempos difíceis de fato. Quer ver até onde chega a nossa educação? Pegue o coletivo ao meio-dia na UEPB, na hora do "rush", quando terminam as aulas. Qualquer dia desses gente vai ser atropelada por gente! De fato, voltando ao tema, o romantismo em nossa sociedade está em baixa e essa baixa é tanto maior quanto a crise econômica, parece que tem tudo a ver uma coisa com a outra: quanto maior a "pindaíba", mas as grosserias se afloram e se multiplicam. Estamos prevendo para 2015 uma acentuada mudança para pior,quando até o abastecimento de água em nossa cidade será escasso: se a nossa educação agora já vai mal, imaginem quando as pessoas tomarem banho com menor frequência?! De fato, essa cena de Dirty Darcing me dar saudades dos antigos cinemas, dos encontros às escondidas, das "balinhas de anis". Vão dizer que sou quadrado, mas muitos de nossos jovens de hoje já conheceram o mundo sem esse romantismo de outrora que tanta falta os faz e a nós também, da velha guarda. É por isso que, provavelmente, quase tudo perdeu a graça: sem o romantismo a vida se tornou bem mais dura do que antes e algumas vezes só mesmo assistindo filmes como este para podermos ser felizes novamente: revivendo o PASSADO. Emanoel Messias de Arruda emannoel@ovi.com

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

É ASSIM QUE O ELEITOR SE SENTE NESSAS ELEIÇÕES DE 2014

Após toda trapalhada, proposital, de só ser revelado o resultado das eleições depois do encerramento das votações no Acre os brasileiros assistiram, estarrecidos, a derrocada da candidatura de AÉCIO NEVES, que estava vencendo a partida até os 44 minutos e meio do segundo tempo. Dilma passou a frente e pasmem, com os votos dos eleitores mineiros, terra de Aécio Neves. Foi Minas Gerais, a terra de Tiradentes, que arrancou a cabeça do seu filho mais ilustre, neto de Tancredo Neves. Vergonha? Ódio? Desespero por saber que teremos mais 4 anos de roubalheira com a corja do PT a frente? Sim, tudo isso e muito mais. Ficou aos cidadãos desse país a sensação de impotência, de completa incapacidade, e de que a democracia não passa na verdade de uma farsa, ou de uma brincadeirinha de mal gosto. O mel se tornou fel, e a nossa esperança de um país melhor? Foi pro 'beleleu'. A vaca não foi pro brejo, mas fará com certeza que muita gente boa desse país vá comer capim...

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

DJAVAN, O NOSSO MENESTREL DAS ALAGOAS!

DJAVAN CAETANO VIANA: O MENESTREL DAS ALAGOAS Anderson Remígio da Silva¹ Emanoel Messias de Arruda² Orientadora: Ana Lúcia de Souza³ RESUMO Este artigo tem por objetivo identificar características peculiares na produção artística e cultural de um dos ícones de nossa MPB: Djavan Caetano Viana. Sua musicalidade e lirismo poético o diferencia dos demais artistas de sua época, posto que – obedecendo, quiçá inconscientemente, tradições dos trovadores – seus poemas musicados são verdadeiras obras de arte do ponto de vista estético, poético e musical. São para serem cantados e não declamados, como o era na tradição dos antigos menestréis da Idade Média. A sua definição sobre as mulheres – a musa inspiradora de suas canções – é relacionada sempre a sentimentos nobres ou a algo extremamente belo como a natureza. Por conseguinte, ele ocupa uma posição de destaque no cancioneiro popular nacional e até mesmo internacional: nunca dantes as mulheres foram tão apropriadamente elogiadas e valorizadas. Como diz Goulart e Silva (1970), o paralelismo temático e o feminismo o aproximam do amor cortês, próprio das antigas canções de amigos dos menestréis trovadores. É próprio também das cantigas de amigo essa repetição de estrutura poética – o chamado paralelismo – ou o feminismo, em que o trovador se passa por uma mulher em seus versos, como se pensasse e vivesse como ela. Enfim, pela brevidade do tempo serão aqui apenas analisadas uma de suas canções, “Oceano”, comparando-lha a uma das canções de amigo do Cancioneiro D’el Rei . Nosso trabalho terá por meta verificar a letra dessas canções, de forma diacrônica, mostrando que apesar das diferenças entre os tempos em que foram feitas, têm elas algo em comum: a valorização da mulher e o paralelismo, não apenas estrutural, mas de ideias, de imagens e de sons. Palavras-chave: Trovadorismo. MPB. Literatura. Música. Poesia. INTRODUÇÃO O AMOR CORTÊS DOS TROVADORES As atitudes medievais para com as mulheres eram bastante influenciadas pela Igreja que, como se sabe, ditava as normas de convivência social das pessoas na Idade média de uma forma mais acentuada que nos dias atuais. A Igreja – entenda-se aqui a Igreja Católica Apostólica Romana – encarava o sexo feminino como responsável pela tentação do homem, sendo ela mesma o 'pecado' e a originadora de todos os males dele advindos. Era vista como o instrumento do diabo e, por outro lado, como “um mal necessário" por seu aspecto gerador de vidas. Desta forma definida a mulher na Idade Média, o casamento era tido como uma condição de vida degradante e a única maneira do sexo 'frágil' conseguir alguma dignidade e valor próprio: como mãe. A lei canônica permitia inclusive o espancamento e o repúdio por motivação banal, até da própria esposa, o que contribuía de forma exponencial para a humilhação e a subserviência do sexo feminino. Mas com o surgimento dos trovadores na França, essa concepção mudou bastante como veremos. O primeiro trovador conhecido foi Guilherme IX, duque de Aquitânia. Sua poesia foi a primeira a conter os elementos que caracterizariam, a posteriori, a maneira própria dos trovadores pensarem sobre o amor, sobre a mulher, o amor erótico propriamente dito, Mas de uma maneira nova. Não apenas maternal, como pretendia a Igreja. Nascia assim o amor cortês. Era de fato um conceito revolucionário para época, pois a mulher não estaria mais relegada a um plano de inferioridade em relação ao homem, sendo a sua companheira e não a sua sombra. A poesia dos trovadores dignificava as mulheres, na medida em que mostrava profundo respeito por elas. Alguns poetas menestréis lamentavam, a bem dizer, a fria indiferença de algumas damas para com eles, mas nem por isso o bardo - assim também era chamado o trovador - perdia a compostura ou as destratavam. No máximo fazia uma cantiga de maldizer, que no fundo culpava-se a si mesmo pelo insucesso, nunca a amada. Na verdade o menestrel trovador já se sentia realizado apenas com a simples atenção de sua amada, mesmo que fosse para esnobá-lo, pois o objeto primário não era possuir a dama e sim alcançar o refinamento moral que o seu amor por ela lhe inspirava. O amor cortês era, em última análise, um amor platônico. ‘Os trovadores achavam que o amor cortês era fonte de refinamento social e moral, que atos corteses e nobres se originavam do amor. À medida que essa ideia foi se desenvolvendo, tornou-se a base para um código de conduta que, com o tempo, foi adotado pelas classes sociais mais baixas. ’(2) Diz-nos Moisés (1985, p. 75): “Durante a Idade Média a cantiga designava a fôrma (sic) poética vernacular equivalente à cansón provençal ou a chanson francesa […] fundia a letra ao som: o poema, condensado a pauta musical, destinava-se ao canto e a instrumentalização.” As cantigas de amor exemplificam o tipo de poema de inspiração provençal que penetra na Língua Portuguesa por volta do século XII, iniciando a produção poética propriamente dita nesta parte da península Ibérica, nos diz Goulart e Silva (1970). A temática das cantigas de amor gira em torno do amor cortês: o poeta dirigi-se a mulher amada escondendo-lhe o nome (compare esse fato com as canções “Flor de Lis”, “Oceano”, “Samurai”, e tantas outras de Djavan) e coloca-se diante dela como um servo humilde diante do seu senhor, no caso 'senhora'. É importante dizer que, no português arcaico nos séculos XII e XIII aproximadamente, "[...]a palavra 'senhor' não tinha feminino e servia tanto para designar alguém do sexo masculino ou feminino." (GOULART e SILVA, 1970). Veremos um trecho de uma cantiga de amor dessa época, da Cantiga da Guarvaia, considerada primeira obra literária da língua portuguesa, escrita entre o século XII e XIII: No mundo não me sei parelha Mentre me for como me vai, Ca já moiro por vós – e ai! Mia senhor branca e vermelha. Queredes que vos retraia Quando eu vos vi em saia! Mau dia me levantei Que vos enton não vi fea! E, mia senhor, dês aquel, ai Me foi a mi mui mal, Moniz, e bem vos semelha, D’haver eu por vós guarvaia, Pois eu, mia senhor, d’alfaia Nunca de vós houve nen hei Valia de uma Correa” (VASCONCELOS, 1904, p.82) Vale salientar, entretanto, que feminismo na cantiga de amigo (3 ) é mais 'acentuado' que na cantiga de amor, como veremos em um exemplo de uma cantiga de amigo na metodologia desse trabalho. É a visibilidade do realismo em “Oceano” de Djavan, entretanto, que aproxima o “eu poético” de um realismo 'concreto' e uma subjetivação tão intensa que o faz criar uma linguagem própria e subliminar para expressar sua paixão pelo 'amado', partido-se do pressuposto que é um "eu poético feminino" que declama esses versos: “Assim, que o dia amanheceu. Lá no mar alto da paixão Dava pra ver o tempo ruir, Cadê você que solidão Enfim, de tudo que há na terra Não há nada em lugar nenhum Que vá crescer sem você chegar Longe de ti tudo parou... Amar é um deserto e seus temo Vida que vai na sela dessas dores Não sabe voltar, me dá teu calor ! Vem me fazer feliz, porque te amo, Você deságua em mim e eu oceano E esqueço que amar é quase uma dor. Só sei Viver Se for Por você ( Djavan – “Oceano” ) Por tudo isso, a musicalidade e poética em Djavan “Não lembram a entoação infantil das canções populares das primeiras décadas do século XX, nem as narrativas da reação malandra às condições sociais desiguais dos anos 30, tampouco as imagens justapostas de cocas e cocares do texto tropicalista.”(1) OBJETIVOS Geral: Mostrar o paralelismo temático e o feminismo, características do trovadorismo, em "Oceano" de Djavan, provando-se, assim, que em sua poesia existe uma linguagem subliminar, subjacente, relacionada com as antigas cantigas dos menestréis. Destacando-se o amor cortês como sua principal característica. Específicos: Comparar "Oceano" de Djavan com pelo menos uma cantiga de amigo; Observar quais são os pontos convergentes entre uma cantiga de amigo e a letra de "Oceano"; Demonstrar que o "eu poético”, tanto nas cantigas dos menestréis como em Djavan, se revela imerso em um realismo em que o mundo material se personifica em prol de seus sentimentos nobres, por um amor não poucas vezes platônico e, portanto, impossível de se concretizar senão na própria natureza. METODOLOGIA Entendemos que não há melhor maneira de compreendermos as características especificas e geral do trovadorismo na canção "Oceano" que a comparando ao menos com uma das cantigas de amigo, como nos diz Levin (1975): "Além de dar base à suposição crítica da unidade do poema, 0 conceito de acoplamento (entenda-se aqui como paralelismo temático) dá à poesia a capacidade de permanecer na memória do leitor. possui-a qualidade duradoura, não na acepção estática de documento ou propriedade pública, mas na acepção dinâmica de recriação individual.” Veremos um exemplo de uma dessas obras, uma cantiga de amigo, feita para ser cantada e não apenas declamada, do trovadorismo português: - Ai, flores, ai flores do verde pino, Se sabedes do meu amigo? Ai, Deus, e u é? Ai. flores, ai flores do verde ramo, se sabedes novas do meu amado? Ai, Deus, e u é? Se sabedes novas do meu amado, aquele que mentiu do que me a jurado? Ai, Deus, e u é? - Vos perguntades polo vos'amado? e eu ben vos digo que é viv'e sano. Ai, Deus, que u é? E eu ben vos digo que é vive e sano, e será vos cant' o prazo passado Ai, Deus, e u é? " (Cancioneiro D'el-Rei D. Dinis, p.67) Comparemos com esta canção de Djavan: “Assim, que o dia amanheceu, Lá no mar alto da paixão, Dava pra ver o tempo ruir, Cadê você, que solidão, Esquecerá de mim? Enfim, de tudo que há na terra Não há nada em lugar nenhum Que vá crescer sem você chegar Longe de ti, tudo parou... Ninguém sabe o que sofri. Amar é um deserto e seus temores, Vida que vai na sela dessas dores, Não sabe voltar, me dá seu calor. Vem me fazer feliz, porque eu te amo, Você desagua em mim e eu oceano E esqueço que amar é quase uma dor. SÓ SEI VIVER SE FOR POR VOCÊ!” (DJAVAN - “Oceano”) O sofrer calado, mencionar educadamente o seu amor (a chamada mesura), a fim de não incorrer no desagrado do bem-amado é aspectos formais claramente observados tanto na letra da canção de Djavan quanto na letra da cantiga de amigo: nota-se claramente uma presença feminina por trás das palavras: de uma mulher apaixonada que reclama a falta do ser amado, mas isso feito de forma "educada" e sem alardes: "Vem me fazer feliz, porque eu te amo, /Você desagua em mim e eu oceano /E esqueço que amar é quase uma dor." O ser amado é sempre representado, ou comparado, a algo da natureza, forte, imenso e belo, no caso ao oceano. Já que, de fato, subentendemos que o "eu poético" em ambos os casos é um ser do sexo feminino, as belezas da natureza se identificam com ele, o amado: o amanhecer, o mar alto, o tempo ruir, "tudo que há na terra não crescerá sem você chegar, longe de ti tudo parou...", o deserto e por fim o oceano, onde tudo desagua até mesmo as mágoas. A amante enamorada pelo ser amado fica inebriada em seus versos a ponto de dizer; "E esqueço que amar é quase uma dor." A plasticidade melódica, a 'melopeia' (4) em seu verso final, por exemplo, "Só sei viver, se for por você", corresponde nitidamente ao lirismo em seu grau último ou, de outra forma dita, ao trovadorismo, onde a sonoridade poética imita o próprio som das ondas do mar, poesia e realidade se fundem como se enamorados se juntassem para sempre. Desejo e sina. Quanto ao aspecto fôrmal (sic), isto é, referente à fôrma e não a forma de se tecer a poesia, podemos dizer que em "Oceano" existem dois quartetos e dois tercetos, os quartetos terminam em versos de arremates, chamados na lírica galego-portuguesa de 'fiindas', ou seja, "estrofe derradeira de uma cantiga, de estrutura própria, mas ligada pela rima (ou pelo tema) as demais estrofes[...]" (MOISÉS, 1985, p.230). Exemplos: ‘Esquecerá de mim?’, no final da primeira estrofe e ‘Ninguém sabe o que sofri. ’, que funcionam como conclusões de um questionamento do poeta. E o grande arremate final, que impregna toda a poesia de "Oceano", impedindo-lhe o sentido maior de todos os versos e até mesmo imitando as ondas do mar: "Só sei viver, se for por você!" (Esse verso final assim dito, fora do contexto peculiar à poesia, perde toda o lirismo e beleza. Mas, musicado, com as pausas feitas, ganha vida própria e cria asas. As asas da imaginação, da epifania poética junta com a musicalidade, tal como ocorria com as cantigas dos antigos menestréis...) No que diz respeito às comparações feitas de essa canção de Djavan, "Oceano", com a cantiga de amigo, que inicia nossa introdução, podemos dizer que: a) Em ambas o "eu poético" é um ser feminino que reclama da falta de seu amado, no primeiro caso, ela apela a Deus,‘Ai, Deus, e u é?’, no segundo a uma introspecção em que a própria natureza se faz refletir em seus sentimentos. Mas em ambos os casos fica caracterizado o feminismo, próprio do lirismo dos trovadores; b) A repetição de estruturas 'prefabricadas' na linguagem poética - que apropriadamente Levin (1975) as chamam de "acoplamentos", ou seja, fôrmas feitas: ‘Ai, Deus, e u é?’, por exemplo, ou repetições sistemáticas de sentimentos recorrentes, como ocorrem em "Oceano". Vejamos alguns exemplos abaixo: ‘Esquecerá de mim?’ ‘Ninguém sabe o que sofri’. Ou no seu arremate final, também chamado de 'fiinda' na poesia trovadores, ver Moisés (1985): ‘SÓ SEI VIVER SE FOR POR VOCÊ!’ CONSIDERAÇÕES FINAIS A riqueza poética - porque não dizer própria de um menestrel - das músicas de Djavan, no caso específico de "Oceano", nos faz ver em sua obra um resgate bem sucedido do amor cortês, do amor de amigo, das antigas cantigas dos trovadores e menestréis da Idade Média, mas isto feito com uma roupagem de modernidade tal que dificilmente um ouvinte comum se apercebe disso, desse fato. Tudo isso, e muito mais que poderíamos analisar em sua obra, bastante vasta, pode nos elucidar o porquê Djavan Caetano Viana ter trilhado um caminho diferente em nossa discografia, sendo suas músicas: "[...] conhecidas pelas suas cores. Ele retrata muito bem em suas composições a riqueza das cores do dia a dia e se utiliza de seus elementos em construções metafóricas de maneira distinta dos demais compositores. As músicas são amplas e confortáveis chegando ao requinte de um luxo acessível a todos.” (1) Pelo resgate dos menestréis em nossa música e, principalmente, pela valorização da mulher, Djavan merece um lugar de destaque na nossa discografia tanto pela ousadia de seu projeto ( resgatar o amor cortês dos menestréis em uma sociedade tão machista como a nossa ) como pela sua sensibilidade poética ímpar, o que o torna uma referência musical de grande destaque não apenas nacional, mas mundialmente. REFERÊNCIAS MOISÉS, Massaud. Dicionário de termos literários. 4.ed. São Paulo: Cultrix Ltda. 1985 LEVIN, Samuel R.Estruturas lingüísticas em poesia: tradução de José Paulo paes. São Paulo: Cultrix, 1975. GOULART, Audemaro Taranto e SILVA, Oscar Vieira. Estudo dirigido de literatura portuguesa: para curso médio - segundo ciclo.7.ed. São Paulo: Editora do Brasil, 1970. Referências de mídia (1)http://pt.wikipedia.org./wiki/Djavan acessado em 12/10/2014 (2) DESPERTAI!, Os trovadores eram apenas cantores românticos?, Revista publicada em 08 de fevereiro de 1998, p.20 NOTAS DE TEXTUAIS (3)Na lírica medieval galego-portuguesa uma cantiga de amigo é uma composição breve e singela posta na voz de umamulher apaixonada. Devem o seu nome ao facto de que na maior parte delas aparece a palavra amigo, com o sentido de pretendente, amante, esposo. http://pt.wikipedia.org/wiki/Cantiga_de_Amigo (4) Na teoria, Pound aproxima-se da ideia de Harold Bloom de que existe um conjunto de obras que representam momentos de maiores elevação de uma cultura (alta cultura). Desta forma classifica os poetas (de maneira semelhante à feita por Maiakóvski) numa escala que vai do inventor até o diluidor, estabelecendo verdadeira hierarquia entre eles, e fixando um cânone (Paideuma) próprio, não excludente de outros possíveis, nas palavras do teórico, incluindo as obras que ele considerava o ápice de uma maneira de escrever. Essas "maneiras de escrever" teriam basicamente três tendências: uma voltada para as qualidades sonoras da poesia (melopeia), outra para as qualidades representativas sensoriais-imagéticas, especialmente visuais (fanopeia), e outra para o jogo semântico que ele chama de "a dança das ideias" (logopeia), o que suscita questionamentos de alguns sobre o fato de Pound nunca citar o barroquismo em seu "Paideuma". http://pt.wikipedia.org/wiki/Ezra_Pound NOSSO LINK PARA ESSE TEXTO https://emanoell.wordpress.com/wp-admin/post.php?post=126&action=edit Link curto http://wp.me/p1vnzE-22

sexta-feira, 10 de outubro de 2014

NO MUTIRÃO MORA GENTE, STTP!

Resultado da Reunião dos moradores do Mutirão em nossa SAB em 26-09-2014 Devido as péssimas condições dos ônibus, a Empresa Idalino Transporte(1) há cerca de um mês NÃO ESTÁ MAIS ATENDENDO AOS MORADORES DO MUTIRÃO, para FELICIDADE desses cidadãos e cidadãs, que já não mais suportavam TANTA INCOMPETÊNCIA. Atrasos e quebras constantes, chegando-se ao cúmulo de se esperar até 1h30 por um transporte em horários importantíssimos como os da ida ao trabalho pelas manhãs! As novas empresas que atendem os moradores do Mutirão*, desde então, tem sido motivo de alegria para todos, pois com o cumprimento dos horários os trabalhadores e estudantes tem agora a certeza de que chegarão aos seus compromissos diários dentro dos horários corretos, sem o risco de perderem seus empregos ou o ano letivo de estudos. Até mesmo os horários noturnos que vinham sendo descumpridos pela empresa IDALINO TRANSPORTES agora com essas novas empresas - a Cabral, a Cruzeiro e a Nacional - estão sendo feitos com regularidade até as 23h horas, todos os dias, como sempre era feito antes na época "áurea" da Idalino Transportes há 10 anos, agora uma empresa SUCATEADA. Diante dos fatos acima citados e muitas coisas ditas, equivocadamente, contra a ordeira população do Mutirão, todas desmentidas pela REALIDADE, ficou comprovado até agora o seguinte: 1- A linha 903 dá lucro, sendo uma das melhores dessa cidade, tanto que está sendo disputada por 4 empresas e assistida por 3; 2- A sua malha viária é uma das melhores, pois atende além dos moradores do Mutirão aos estudantes da UFCG e é praticamente toda asfaltada; 3- Os moradores do Mutirão são pessoas honestas e trabalhadoras e não "arruaceiros", como noticiou certo empresário INCOMPETENTE! Ficou decidido, por maioria absoluta dos moradores do bairro do Mutirão,que(2)não mais queremos mais a volta da Empresa IDALINO TRANSPORTES para atender-nos, por motivos anteriormente arrolados e outros mais que poderiam ser aventados. Acrescentamos ainda que, para esclarecimento público, embora convites tenham sido feitos e enviados para diversas entidades de nossa cidade, conclamando-os à comparecerem a essa reunião importantíssima para nossa comunidade inclusive ao #STTP, NENHUMA DELAS compareceram, com exceção do vereador Aldo Pereira Cabral que esteve presente ao evento. Apesar disso a reunião FOI UM SUCESSO ABSOLUTO e a população está "fechada" nessa decisão: NÃO ACEITAÇÃO DA EMPRESA IDALINO TRANSPORTES para atender o nosso bairro! Cabe ao PODER PÚBLICO apenas acatar essa decisão, unânime e popular, pois a não aceitação levar-nos-á - impreterivelmente - a buscar o Ministério Público para resolução desse gravíssimo caso. Sem mais para o momento, UNIDOS NA LUTA venceremos! SAB DO MUTIRÃO DO SERROTÃO e seus moradores Zelita da Silva Pereira -Presidenta Sebastião da Silva - "Zominho" -Vice-presidente Emanoel M de Arruda -Secretário
......................................................................... *Mutirão = bairro da periferia de Campina Grande -PB, BEM PRÓXIMO AO PRESÍDIO DO SERROTÃO, desassistido pelos poderes públicos e só lembrado em período eleitoral. ......................................................................... INFORMES SUPLEMENTARES: (1)(que colocavam em risco a vida dos passageiros e até mesmo dos operadores - além do descumprimento da frota mínima obrigatória por Norma do #STTP, 4 ônibus na linha, só estavam rodando 2 com a conivência de quem deveria fiscalizá-los e, COMO AGRAVANTE MAIOR, com a redução de horários, mesmo os noturnos (só ficando até as 20h40 no sentido Centro- Mutirão). (2)(em reunião feita em 26-09-14, na nossa SAB, às 19h e termino às 21h, inclusive com mais de 300 ASSINATURAS de um ABAIXO ASSINADO DE MORADORES DA COMUNIDADE, de livre e espontânea vontade...)

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

El aparato fonatorio

Aparato Respiratorio

Aparato fonador

A MODERNIDADE NOS CHAMA...

NÃO ESQUEÇAMOS DOS CLÁSSICOS FRANCESES...

NOSSA VELHA E BOA ITÁLIA...

PARA OUVIR E SONHAR

Helene Fischer - The Power of Love

Kim Carnes - BETTE DAVIS EYE - Les années bonheur - Patrick Sébastien - ...

Pink Floyd - Wish You Were Here ( Live PULSE 1994 )

Queen - Love of my life (Rock Montreal 1981) - HD 720

Guns N' Roses - Knocking On Heaven's Door Live In Tokyo 1992 HD

AJUDE ESSA VACA IR PRO BREJO! VOTE EM AÉCIO!

AGORA É A NOSSA VEZ DE DIZER NÃO AOS CORRUPTOS DO PT!

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

OS JOVENS DE HOJE E AS REDES SOCIAS

As redes sociais e as suas influências no comportamento dos jovens Emanoel Messias de Arruda Muito em moda entre os jovens, as redes sociais tem sido um dos principais meios de comunicação e integralização entre eles e motivo de muitas preocupações para seus pais e responsáveis. Essas preocupações tem fundamento, pois a superficialidade desses relacionamentos transitórios os expõe a graves riscos que vai desde bullying (1) até as possíveis investidas de pedófilos. De fato o contato direto entre as pessoas ainda é o meio mais seguro delas se relacionarem e se conhecerem, porém a “juventude conectada” consegue até mesmo namorar “on line”, marcar encontros e tudo mais, sempre sem o consentimento e conhecimento de quem os poderia proteger. Além de todos esses riscos, esses jovens podem sofrer com relacionamentos fúteis ou com pessoas que não existem no mundo real que não são quem dizem: os chamados fake (2). Há de se considerar também que existe o risco de se tornarem pessoas isoladas e “solitárias”, mesmo no ambiente familiar ou escolar especificamente, por priorizam seus relacionamentos virtuais e não os reais. Isto pode lhes causar, além de problemas físicos como a obesidade e problemas de coluna, por exemplo, até problemas bem mais sérios, psicológicos, advindos do isolamento voluntário e da falta de perspectivas devido ao tédio causado por uma vida excessivamente sedentária. Algumas das medidas que esses jovens poderiam tomar para terem uma vida saudável seriam as seguintes: 1. Procurar sempre analisar o perfil das pessoas com as quais estão se relacionando, ao menos para saberem se de fato elas existem e se são mesmo quem dizem; 2. Limitar suas amizades nas redes sociais a um número razoável de indivíduos com os quais possa dar e receber atenção sem, no entanto, abrir mão de sua vida particular “ao vivo”; 3. Não hesitar em eliminar as pessoas indesejadas ou suspeitas, que representam alguma ameaça mesmo que seja “virtual”; 4. Nunca esperar que os fatos aconteçam para depois tomarem alguma providência; 5. Praticar algum tipo de esporte. Certamente tomando essas medidas, relativamente simples, muitas dores de cabeça poderiam ser evitadas tanto para esses jovens como para os seus pais ou responsáveis. Vale lembrar sempre - e isso não apenas aos jovens - que a vida deve ser aproveitada em toda sua plenitude e com todos os sentidos. O cheiro, a cor, o sabor, a textura das coisas e de tudo que nos cerca são prazeres que um computador não pode e nunca poderão nos dar. Os relacionamentos reais deveriam sempre ter prioridade sobre os virtuais e ainda hoje vale o ditado dos mais velhos: “Diz-me com quem andas e te direi quem eis!”

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

AS PESSOAS...

hora certa.
AS PESSOAS As pessoas não são boas nem más! São pessoas... Com seus sonhos, suas frustações, seus dilemas, suas esperanças. Elas não amam ou odeiam simplesmente. Simplesmente amam ou odeiam conforme a vida... Elas podem até escolher cores, roupas, modos de viver - se religiosas ou leigas ou até nenhuma das duas coisas! Mas não escolhem tudo! São escolhidas... Algumas são felizes não sabem nem o porque, outras infelizes tendo tudo... Quem pode entender as pessoas?! Elas são pessoas como eu, como você, nem boas nem más... Podem ser boas ou más! Podem ser boas na hora errada e más na (Espera-se delas que façam o bem sempre na hora certa, mas não são elas relógios...) Ou o inverso! Podem também ser apáticas: indiferentes aos sentimentos humanos! Mas são pessoas! Marias, Josés, Marias-Josés ou Josés-Marias... Com seus sonhos e seus desejos. São pessoas! Merecem ser felizes, Mas as vezes elas não querem ser felizes! Vai entender as pessoas!? As pessoas são pessoas. E ponto final. emannoel@ovi.com

PRÁ VOCÊ QUE VAI VOTAR NO PT...

SÓ TENHO ISSO A TE DIZER:

AS MELHORES PALHAÇADAS DA DILMA - os piores momentos de nossa república!



segunda-feira, 15 de setembro de 2014

CONCURSO PÚBLICO DA PREFEITURA DE CAMPINA GRANDE - SAIU EDITAL HOJE!

15-09-2014 PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINA GRANDE ESTADO DA PARAÍBA EDITAL NORMATIVO DE CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2014 – PMCG/PB O MUNICÍPIO DE CAMPINA GRANDE, Estado do Paraíba, no uso de suas atribuições legais, torna público, para conhecimento de todos os interessados, que ficam abertas, a partir das 10h:00min do dia 22 de setembro até as 23h:59min do dia 10 de outubro de 2014, as inscrições do Concurso Público destinado ao provimento dos cargos, provenientes de vagas atualmente existentes, das que vagarem e forem necessárias ao Quadro de Pessoal Efetivo da PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINA GRANDE e dos que forem criados durante o prazo de validade deste Concurso Público, com sua respectiva denominação, número de vagas, pré-requisitos, carga horária de trabalho semanal e salário base inicial especificados neste Edital. O presente Concurso Público será regido de acordo com o que preceitua o Art. 37, inciso II da Constituição Federal, Lei Orgânica do Município e demais Legislações Municipais pertinentes, com as presentes instruções especiais e os anexos que compõe o presente Edital para todos os efeitos, a saber: I N S T R U Ç Õ E S E S P E C I A I S I – D A S D I S P O S I Ç Õ E S I N I C I A I S 1. O Concurso Público, de caráter eliminatório e classificatório, destina-se ao recrutamento e seleção de candidatos para provimentos de vagas, dos cargos constantes no Capítulo II deste Edital e será realizado sob responsabilidade da Secretaria de Administração da Prefeitura Municipal de Campina Grande, representada pela Comissão de Supervisão e Acompanhamento da Execução do Concurso Público, composta por membros do quadro de servidores da Administração Municipal de Campina Grande, em exercício, indicado pelo Prefeito Constitucional através da Portaria Nº 0420/2014, de 01 de agosto de 2014. 2. A execução do referido Concurso será realizada pela COMISSÃO PERMANENTE DE CONCURSOS – CPCON, da UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA, à qual compete o cumprimento das cláusulas e condições estipuladas no instrumento de Contrato celebrado para este fim com a PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINA GRANDE. 3. O Concurso será realizado em duas fases: Primeira Fase: Prova escrita objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, para todos os cargos. Segunda Fase: Exame de títulos, de caráter classificatório, PARA TODOS OS CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR. Prova Prática, de caráter eliminatório, para o cargo de Motorista. 4. O Concurso Público destina-se a selecionar candidatos para o provimento de cargos vagos, do Quadro de Pessoal efetivo da PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINA GRANDE, distribuídos conforme disposto no Capítulo II deste Edital. 5. Compete à Comissão do Concurso Público, supervisionar e fiscalizar todas as fases do Concurso Público. 6. O conteúdo programático consta no ANEXO I deste Edital. 7. As atribuições dos cargos, constantes no Capítulo II, consta no ANEXO II deste Edital. I I – D O S C A R G O S 1. Todos os cargos serão regidos pelo Regime Jurídico Estatutário, conforme a respectiva denominação, pré-requisitos e salário base inicial especificados neste documento, e de acordo com a legislação específica. 2. Os cargos oferecidos, número de vagas, nível de escolaridade, vencimento básico, jornada de trabalho semanal e a escolaridade mínima exigida para o provimento de cargo, estão discriminados nos quadros abaixo: CARGOS DE NÍVEL FUNDAMENTAL Nº CARGOS VAGAS DE AMPLA CONCORRÊNCIA VAGAS PARA PESSOAS DE NECESSIDADES ESPECIAIS REQUISITOS MÍNIMOS EXIGIDOS JORNADA DE TRABALHO VENCIMENTOS (R$) 01 Motorista 05 - Ensino Fundamental acrescido de Carteira Nacional de Habilitação (CNH) Categoria D 30 horas semanais 724,00PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINA GRANDE- PB 2 CARGOS DE NÍVEL MÉDIO/TÉCNICO Nº CARGOS VAGAS DE AMPLA CONCORRÊNCIA VAGAS PARA PORTADORES DE NECESSIDADES ESPECIAIS REQUISITOS MÍNIMOS EXIGIDOS JORNADA DE TRABALHO VENCIMENTOS (R$) 01 Assistente de Enfermagem III (Regime de Plantão) 25 03 Ensino Médio Completo acrescido do curso técnico de Enfermagem com registro no conselho de classe específico. 30 horas semanais (Regime de Plantão) 923,97 02 Assistente de Enfermagem III 08 02 Ensino Médio Completo acrescido do curso técnico de Enfermagem com registro no conselho de classe específico. 30 horas semanais 923,97 03 Fiscal de Obras 05 -- Ensino Médio Completo 30 horas semanais 745,72 + Produtividade (podendo chegar até R$ 7.457,20) 04 Fiscal de Serviços Urbanos 02 -- Ensino Médio Completo 30 horas semanais 745,72 + Produtividade (podendo chegar até R$ 7.457,20) CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR Nº CARGOS VAGAS DE AMPLA CONCORRÊNCIA VAGAS PARA PORTADORES DE NECESSIDADES ESPECIAIS REQUISITOS MÍNIMOS EXIGIDOS JORNADA DE TRABALHO VENCIMENTOS (R$) 01 Assistente Social em Saúde 05 -- Nível Superior em Serviço Social com registro no conselho de classe específico acrescido de especialização em Saúde Mental 30 horas semanais 2.166,75 02 Engenheiro Civil 04 -- Nível Superior em Engenharia Civil com registro no conselho de classe específico 30 horas semanais 3.778,81 03 Enfermeiro II (Obstetrícia) 06 01 Nível Superior em Enfermagem com registro no conselho de classe específico acrescido de Especialização em Obstetrícia 30 horas semanais (Regime de Plantão) 2.705,97 04 Enfermeiro II (Intensivista) 06 01 Nível Superior em Enfermagem com registro no conselho de classe específico acrescido de Especialização em Terapia Intensiva 30 horas semanais (Regime de Plantão) 2.705,97 05 Enfermeiro II (Neonatal) 06 01 Nível Superior em Enfermagem com registro no conselho de classe específico acrescido de Especialização em Neonatal 30 horas semanais (Regime de Plantão) 2.705,97 06 Enfermeiro II (Saúde Mental) 05 -- Nível Superior em Enfermagem com registro no conselho de classe específico acrescido de Especialização em Saúde Mental 30 horas semanais 2.705,97PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINA GRANDE- PB 3 07 Farmacêutico 02 -- Nível Superior em Farmácia com registro no conselho de classe específico 30 horas semanais 2.166,75 08 Fonoaudiólogo 02 -- Nível Superior em Fonoaudiologia com registro no conselho de classe específico 30 horas semanais 2.166,75 09 Fiscal de Tributos Municipais 07 01 Nível Superior em Direito e/ou Economia e/ou Ciências Contábeis e/ou Administração com registro no conselho de classe específico 30 horas semanais 1.012,47 + produtividade (podendo chegar até R$ 10.124,70) 10 Fisioterapeuta 02 -- Nível Superior em Fisioterapia com registro no conselho de classe específico 30 horas semanais 2.166,75 11 Médico II (Anestesista) 06 01 Nível Superior em Medicina acrescido de Especialização ou Residência em Anestesiologia e registro no conselho de classe específico 24 horas semanais (Regime de Plantão) 2.573,23 12 Médico II (Psiquiatra) 03 -- Nível Superior em Medicina acrescido de Especialização ou Residência em Psiquiatria e registro no conselho de classe específico 20 horas semanais 2.144,36 13 Nutricionista 01 -- Nível Superior em Nutrição com registro no conselho de classe específico 30 horas semanais 2.166,75 14 Professor de Educação Básica 2 (Zona Urbana) 36 04 Nível Superior em Pedagogia com habilitação em Magistério das Séries Iniciais 30 horas semanais 1.342,99 15 Professor de Educação Básica 2 (Zona Rural) 18 02 Nível Superior em Pedagogia com habilitação em Magistério das Séries Iniciais 30 horas semanais 1.342,99 16 Professor de Educação Infantil 2 (Zona Urbana) 36 04 Nível Superior em Pedagogia com habilitação em Educação Infantil 30 horas semanais 1.342,99 17 Professor de Educação Infantil 2 (Zona Rural) 18 02 Nível Superior em Pedagogia com habilitação em Educação Infantil 30 horas semanais 1.342,99 18 Professor de LIBRAS 2 02 -- Nível Superior em Letras com formação em Libras 30 horas semanais 1.342,99 19 Psicólogo Clínico 05 -- Nível Superior em Psicologia com registro no conselho de classe específico acrescido de Especialização em Saúde Mental 30 horas semanais 2.166,75 20 Supervisor Educacional 05 -- Nível Superior em Pedagogia com habilitação em Supervisão Educacional 30 horas semanais 1.342,99 21 Orientador Educacional 05 -- Nível Superior em Pedagogia com habilitação em Orientação Educacional 30 horas semanais 1.342,99 22 Terapeuta Ocupacional 02 -- Nível Superior em Terapia Ocupacional com registro no conselho de classe específico 30 horas semanais 2.166,75

domingo, 7 de setembro de 2014

NOSSA SAB DO MUTIRÃO TEM NOVA DIRETORIA...

ESTÃO COM RAIVA, CHICOS Y CHICAS? ENTÃO... MORRAM DE RAIVA!

Tomou posse oficialmente da direção da Sociedade dos Amigos do Bairro do Mutirão a nova diretoria UNIDOS NA LUTA, numa cerimônia simples, na noite de 04-09-14 às 20h na nossa SEDE, com a presença do vice diretor da UCES, o Sr. Mário e o também membro dessa entidade que rege todas as SABs de Campina Grande PB, o Sr. Luis.

A nova presidenta, Zelita da Silva Pereira e os demais membros da equipe ficaram satisfeitos com as falas dos dirigentes da UCES que ponderaram sobre a necessidade da população se unir para conseguirem as suas reivindicações e parabenizaram aos moradores do bairro pela eleição ordeira e pacata que houve no dia 27-07-14 sob a organização eficiente dos srs. Emanoel e Edilson, moradores e representantes da UCES escolhidos para essa tarefa pela própria UCES e pelos moradores sócios da SAB.

Agora, UNIDOS NA LUTA, vamos as nossas disputas para conseguirmos benefícios CADA VEZ MAIORES para o nosso sofrido bairro... Vale salientar também que o vereador ALDO CABRAL também esteve presente a reunião e prometeu se empenhar por melhorias urgentes em nossa carente comunidade...

Juntos, sem partidarismos, teremos VITÓRIAS!


EMANOEL M ARRUDA
emannoel@ovi.com

----------
Env. via Nokia E-mail